Viva Rio oferece capacitação para as Olimpíadas

Estão abertas as inscrições para as capacitações sobre a temática da proteção de crianças e adolescentes durante as Olimpíadas 2016 para a rede de atendimento local durante o período dos jogos.  O curso é uma das etapas do eixo de capacitação de gestores e profissionais do Sistema de Garantia de Direitos (SGD) referente ao projeto “Rio 2016: Olimpíadas dos Direitos da Criança e do Adolescente”.

O projeto é uma iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), com cofinanciamento da União Europeia (UE) e parceria do Viva Rio, da organização italiana ISCOS Piemonte, da Rede Internacional End Child Prostitution, Pornography and Trafficking (ECPAT) França, dos municípios Porto Alegre/RS e Rio de Janeiro/RS, além do apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Childhood Brasil, da FNPETI, da ECPAT Brasil, do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, do Centro de Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes do Rio de Janeiro (Cedeca-RJ), do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e da Rede Mercocidades.

IMG_0640 (1)

Profissionais se reuniram para discutir ações de combate à exploração sexual infantil | Foto: Paulo Barros

O objetivo do curso é sensibilizar gestores e profissionais estratégicos de secretarias e órgãos municipais, estaduais e sociedade civil organizada que desenvolvem ações relacionadas com a proteção da infância e adolescência durante as Olimpíadas 2016. A  capacitação será oferecida pelo Comitê de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes nos Megaeventos e pela FNP, em parceria com o município do Rio de Janeiro, por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a organização Viva Rio e o Cedeca-RJ, com a participação do Unicef.

As capacitações serão realizadas entre os dias 23 de maio e 7 de junho de 2016, no município do Rio de Janeiro, no auditório da Catedral (Av. Chile, 245 – Centro / Rio de Janeiro). A capacitação terá a duração de dois dias, em um total de 16 horas de aula, e serão concluídas com o Seminário de Boas Práticas dirigido a todos os participantes, no dia 9 de junho, das 13h às 17h, no Auditório Sulamérica (Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova, Rio de Janeiro/RJ).

Os interessados deverão preencher um  formulário online disponível neste link e escolher quais datas irão participar. Em caso de dúvidas com o preenchimento do formulário, bastar entrar em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social pelos telefones: (21) 2976-2430 ou 2976-1216 ou pelo e-mail: [email protected].

Projeto Rio 2016

O projeto “Rio 2016: Olimpíadas dos Direitos da Criança e do Adolescente” é uma continuidade da ação promovida para a Copa do Mundo de 2014 que, à época, tinha como meta a exploração sexual infantil. Dessa vez, as ações serão direcionadas principalmente na prevenção de cinco violações de direitos de crianças e adolescentes consideradas as mais recorrentes em grandes eventos: exploração sexual infantil; trabalho infantil; o uso de álcool e outras drogas; crianças em situação de rua; e crianças perdidas e desaparecidas.

Além do eixo de capacitação da rede local de atendimento durante os jogos, o projeto se divide em mais três pontos: capacitação de jovens voluntários para sensibilização direta em locais de grande circulação do público; desenvolvimento de uma campanha de comunicação de grande porte; e fortalecimento e ampliação da atuação da rede de gestores municipais.

O último eixo – que dá ênfase ao  fortalecimento e à ampliação da atuação da rede de secretários e gestores municipais envolvidos com a proteção da infância e adolescência  – visa garantir que o resultado desse trabalho se transforme em benefícios para a sociedade, por meio de programas municipais e ações específicas realizadas localmente. A meta desse grupo, atualmente formado pelas cidades de Fortaleza/CE, Natal/RN, Recife/PE, Salvador/BA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Cuiabá/MT, São Paulo/SP, Curitiba/PR e Manaus/AM, São Luís/MA e Cariacica/ES, que também colaboram com o projeto Rio 2016, é a de fomentar políticas públicas com foco na proteção integral de crianças e adolescentes.

(Texto: Divulgação | Foto: Paulo Barros)

Postado em Notícias na tag .