Espaço Eloos apoia grávidas e mães em situações de risco

Rubem César Fernandes, Diretor do Viva Rio, na inauguração do Espaço Eloos.

O Viva Rio e a Prefeitura do Rio inauguraram em 17 de maio o Espaço Eloos, primeira casa de acolhimento na cidade para mulheres grávidas e recém-mães que fazem uso abusivo de álcool ou outras drogas. A unidade, situada no bairro do Campinho e voltada sobretudo para mulheres que vivem nas ruas, será administrada em parceria pelo Viva Rio e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos da Prefeitura do Rio.

O diretor do Viva Rio, Rubem César Fernandes, compareceu à inauguração ao lado da secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Teresa Bergher, e da equipe que vai conduzir o Espaço Eloos. “É uma alegria imensa inaugurar essa casa. A maternidade é sagrada na nossa sociedade, mas muitas vezes ignora-se a existência das grávidas e mães que vivem nas ruas. É um preconceito profundo e ingrato com o qual começamos hoje a romper”, disse Rubem.

O projeto busca reduzir o estigma associado a mães usuárias de drogas, dar uma chance para elas reconstruírem suas vidas e evitar a separação prematura entre mãe e bebê, além de fazer as articulações necessárias para garantir uma primeira infância saudável para essas crianças. O apoio oferecido pelo Espaço Eloos vai além do acolhimento, incluindo visitas domiciliares e acompanhamento antes e após o parto com ações integradas de saúde e saúde mental.

Érica, primeira residente da unidade, está grávida de seis meses e diz que vai aproveitar o apoio da equipe no local. “Estou muito satisfeita com esse lugar, vou me esforçar para retribuir. Estava em situação de rua mas agora estou focada no meu neném, ele não tem culpa de nada”, disse ela na inauguração.

Erica, grávida de seis meses, é a primeira residente da casa

Para uma das coordenadoras do espaço, Marcela Gavinho, a ideia é que ações voltadas a esse público deem origem a políticas públicas: “É tudo novo nesse campo. O desafio é reunir a sociedade e as gestões públicas em torno da causa para institucionalizar iniciativas como essa, fundamentais para mulheres que desejam recriar suas vidas”.

Sonho antigo do Viva Rio, o Espaço Eloos vai acolher mulheres em situação de extrema vulnerabilidade e apoiar a construção de um projeto de vida para essas mães e seus bebês.

 

 

 

 

Postado em Notícias na tag , , .