Brasil é o vencedor do Concurso Wonca 2016

O Brasil foi o vencedor do Concurso Wonca (World Organization of National Colleges, Academies and Academic Associations of General Practitioners/Family Physicians) 2016, pela universalização da cobertura de Saúde no país. O anúncio foi feito ontem (02), na abertura do 21º Congresso Mundial Wonca – pela primeira vez realizado no país – pelo presidente da instituição, Michael Kidd. Com participação do Viva Rio, a conferência acontece no Riocentro, em Jacarepaguá, na zona Oeste, até domingo (06).

Kidd

Michael Kidd, presidente da Wonca, anunciou vitória do Brasil no concurso | Foto: Amaury Alves

Diante de uma assistência de cinco mil pessoas, no auditório do Pavilhão 5, onde o encontro é realizado, Kidd começou arranhando um português, para depois discorrer sobre o Wonca , suas realizações e importância. Depois de parabenizar a cidade pelos bem sucedidos Jogos Olímpicos 2016, Dipp fez um pouco de suspense antes de anunciar o Brasil como vencedor do concurso.

auditório

Um auditório com cinco mil pessoas acompanhou a abertura do congresso| Foto: Amaury Alves

Muito aplaudido, o secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, afirmou que o principal legado da gestão Eduardo Paes foi o aumento na cobertura de atenção primária na cidade. “Em 2008, quando assumimos, o município tinha 68 médicos de família. Hoje são 1.300. Foram construídas mais de 100 novas unidades de Clínicas de Família”, informou. “Daniel Seranz aumentou a cobertura da saúde básica de 3% para 60%, com técnica, competência e decisão política”, fez coro a presidente Íbero-Americana do Wonca, Maria Inez Pandula Andrade.

daniel

Daniel Soranz foi muito aplaudido pelo público por suas realizações | Foto: Amaury Alves

O Viva Rio também participa do congresso pela primeira vez, a partir de sua experiência em co-gestão em 73 Unidades de Atenção Primária – ao todo são 385 equipes de Saúde que trabalham nas Clínicas da Família -, além de oito unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e dos hospitais municipais Ronaldo Gazolla, em Acari, e São Pedro de Alcântara, em Paraty.  Logo na entrada do pavilhão 5 foi montado um estande de 24m² para receber visitantes e interessados.

estande

Viva Rio montou um estande de 24m² para receber visitantes e interessados | Foto: Amaury Alves

A abertura, que também contou com a presença do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, começou com a apresentação da Orquestra Maré do Amanhã, que apresentou um repertório de MPB de Tom Jobim e Vinícius de Moraes a Luiz Gonzaga e Gilberto Gil.

Papel do Viva Rio

“A assistência básica de saúde fez um progresso extraordinário no Rio de Janeiro nos últimos oito anos e transformou o Viva Rio, que participou do processo desde o início, sem trair sua origem de trabalhar em áreas mais vulneráveis. Foi um crescimento qualitativo, que tornou o setor um case dentro e fora do Brasil”, afirmou o diretor executivo da instituição, Rubem César Fernandes.

Vitor Madeira_Viva Rio (50)

Rubem César Fernandes participa de lançamento de livro nesta sexta-feira | Foto: Vitor Madeira

Além de Rubem César, que acompanha o lançamento no estande da prefeitura, por Paula Travassos, coordenadora pelo município do CAPS 2.1, do livro “Memórias da gestão do CAPS 2.1 2009-2015”  nesta sexta-feira (04), cerca de 600 funcionários do Viva Rio, de diversos setores, participam do congresso, como os coordenadores do Viva Rio Eficiente, Raphael Esteves, e da Rede, Daiana Albino. Raphael vai falar sobre o trabalho de sua equipe com as Pessoas Portadoras de Deficiência (PCDs). “Organizamos oficinas, onde o tema deficiência é discutido entre profissionais de saúde, desmistificando conceitos errados, estimulando a continuidade da vigilância da saúde destas pessoas e transformando os cuidados primários em algo ainda mais acolhedor”, descreveu.

Daiana

Daiana Albino, da Rede, vai participar de duas conferências no Wonca | Foto: Amaury Alves

Em uma  segunda etapa, os PCDs são incentivados a participar das aulas de Educação Física nas Clínicas da Família. “Em paralelo, as oficinas envolvem também os profissionais de Educação Física, cujo papel é fundamental neste processo. O Viva Rio também está empenhado em desenvolver a autonomia destes indivíduos, o que se reflete nos esforços para empregabilidade e qualificação”, resumiu.

(Texto: Celina Côrtes | Fotos: Amaury Alves e Vitor Madeira)

 

Postado em Notícias na tag .