Viva Rio e prefeitura lançam projeto Casa Viva

Acolhido observa a parede grafitada da Casa Viva de Bonsucesso: espaço receberá jovens usuários de crack e outras drogas

O Viva Rio e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social inauguraram, no último dia 12 de setembro, a primeira unidade reformulada do projeto Casa Viva, voltado para a recuperação de jovens usuários de crack e outras drogas. A cerimônia contou com a presença de várias autoridades, entre elas o vice-prefeito e chefe da pasta, Adilson Pires; o subsecretário Rodrigo Abel; e o diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes.

Criado em 2008 pela prefeitura do Rio de Janeiro, o “Casa Viva” passou por um processo de ampliação, agregando políticas de saúde, educação e assistência social. A unidade inaugural, localizada no bairro de Bonsucesso, possui sala de informática, biblioteca, sala de jogos, brinquedoteca e área de convivência. Atualmente, conta com 12 adolescentes cuja média etária é de 16 anos. “Esse é um espaço de reestruturação para os jovens. Queremos que eles restabeleçam laços, criem memória e reintegrem-se à sociedade”, afirmou a coordenadora técnica da iniciativa, Marília Rocha.

Área de convivência da unidade possui mural de fotos (à esquerda) para "criar o conceito de memória" nos acolhidos

Já Rubem César Fernandes destacou a importância da união entre o poder público e a sociedade civil na implantação do projeto. “Essa empreitada só deu certo graças à dedicação e à integração das Secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, além dos profissionais do Viva Rio.”

O diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes, participa de conversa com o subsecretário de Desenvolvimento Social, Rodrigo Abel (de azul), e o chefe da pasta, Adilson Pires

Durante o evento, alguns acolhidos foram convidados a dar breves depoimentos sobre suas trajetórias de vida.  Mostrando uma maturidade que transcende seus 17 anos, P.O. admitiu que falar sobre sua dependência química não é a mais fácil das tarefas. No entanto, segundo o jovem, “quanto mais esse assunto for abordado, mais adolescentes serão influenciados e irão procurar um caminho diferente”.

A desenvoltura dos meninos foi ressaltada por Adilson Pires. “Poucos conseguem ser tão sinceros em relação a um momento de fraqueza. Agora vocês devem usar essa coragem e mudar de vida”, disse. O vice-prefeito aproveitou a oportunidade para fazer mea-culpa em relação à histórica escassez de políticas assistenciais na cidade. “Se vocês [jovens] estão aqui hoje, é porque, em algum momento, o poder público falhou. Queremos reparar esse erro.”

Nos próximos meses, o projeto Casa Viva irá se expandir para Jacarepaguá, Bangu, Penha e Del Castilho. Ao todo, serão oferecidas 100 vagas. A sede atual, situada em Laranjeiras, será transferida para Del Castilho e o número de leitos passará de 12 para 20.

Também compareceram à inauguração os vereadores Laura Carneiro e Tiago Oliveira; a juíza da 1ª Vara de Infância e Juventude, Dra. Ivone Ferreira Caetano; a defensora pública da Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente  (CDEDICA), Eufrásia de Souza; e o representante do programa federal “Crack, é possível vencer”, Luiz Carlos Fiore.

Fix Your Body Image and Love Your Body Again
video porno They want action and adventure

Betsey Johnson celebrated 69th birthday with pink theme perfume launch
redtube trick or treat wear a christmas costume costumes online games for the purpose of young girls

Fame Careers of Famous Musicians
large porn tube For seamstresses who have developed new techniques in sewing

Benz Fashion week in Buffalo NY Sept 9
youjizz the self styled singing innkeeper

Girl With The Dragon Tattoo
anime porn but below

3 Fashion Tips Certain to Turn Men’s Heads
xhamster Top 10 strangest shoes in the world 1

How to Sketch Fashion Designs
black porn unless she is built like me

Graduate bashing is the new fashion trend it seems
miranda lambert weight loss because Aoi and Kaoru are insistent that they be together
Postado em Notícias na tag .