Escola de Hospitalidade e Turismo forma novas turmas no Haiti

O Centro de Formação Raymond Louis Roy – Escola de Hotelaria e Turismo, criado em 2013 pelo Viva Rio, formou sua oitava turma. A cerimônia aconteceu no dia 30 de setembro e teve a presença de amigos e familiares dos alunos. Situada na Costa de Arcadins, a 60 quilômetros da capital haitiana Porto Príncipe, a Escola busca treinar e capacitar haitianos na área de turismo e hospitalidade.

Amigos e familiares prestigiam o evento

A qualificação dos profissionais é apontada como um dos gargalos do setor no país. Com o melhor aproveitamento do potencial turístico, outros setores econômicos também são alavancados, como agricultura e serviços. Ajudar a promover o desenvolvimento econômico, social e sustentável é um dos pilares do Centro de Formação.

Durante o curso, os estudantes contam com aulas de informática básica e idiomas (inglês, francês e espanhol), além de receberem treinamentos práticos sobre recepção e camareira de hotel e serviços de cozinha, bar e restaurante. A Escola também possui um alojamento para até 50 pessoas, abrigando os alunos que vivem em regiões mais distantes.

Em seus cinco anos de existência, a Escola formou mais de 300 profissionais, acumulando casos de sucesso. Dentre os atuais formandos, cinco já estão trabalhando na rede hoteleira local. “Os alunos que terminam a formação logo são chamados para trabalhar em um dos hotéis da região. O nosso curso inclui o estágio nesses lugares e eles acabam sendo selecionados nos recrutamentos. Também temos egressos que conquistaram vagas em hotéis de redes internacionais ou estão trabalhando na área no Brasil, República Dominicana e Chile”, afirma o representante do Viva Rio no Haiti, Valmir Fachini.

Formandas da oitava turma

Para ingressar no curso o candidato (a) deve ser aprovado no exame de admissão, ter o segundo grau completo e disponibilidade para estudar durante o dia, uma vez que a região possui limitações no abastecimento de energia elétrica.

“O mais importante é a valorização da formação profissional, que abre portas para estes estudantes aqui mesmo ou em outros países. A formação ajuda esses estudantes a terem um outro futuro. A melhoria da qualidade na prestação dos serviços, com a profissionalização do atendimento, muda completamente o cenário do setor no Haiti. Outro ponto importante é o fato do Viva Rio ter levado esse projeto para fora de Porto Príncipe, gerando oportunidades para os jovens que moram distantes do centro metropolitano”, completa Fachini. A nona turma se formou no último domingo, dia 7 de outubro, e a décima turma se formará em dezembro.

A Pérola das Antilhas

O Haiti possui 1.771 quilômetros de litoral, com praias de mar quente, cristalino e calmo. Além das belezas naturais, o país conta com museus, teatros, a fortaleza Citadelle Laferrière que é Patrimônio Mundial da UNESCO e uma vida cultural vibrante que atrai turistas de todo o mundo. O carnaval do Haiti é um dos mais conhecidos do Caribe.

Côte-des-Arcadins, litoral haitiano

Postado em Notícias na tag , , , .