É campeão! Pérolas Negras vencem a Copa Alterosa

Os Pérolas Negras conquistaram o título de campeão da Copa Alterosa, na manhã do último domingo (18), em Ubá, município de Minas Gerais. O time haitiano venceu o Sport Clube Aymorés na grande final, por 1×0, com gol do atacante Valdo, aos 45 minutos do segundo tempo.

Vitor Madeira_Viva Rio (4)

Com a melhor campanha do torneio, o time venceu o Sport Clube Aymorés por 1×0 | Foto: Vitor Madeira

Numa disputa acirrada, os dois times jogaram a final em condições de igualdade. Os Pérolas Negras fizeram a melhor campanha do torneio e permaneceram invictos, acumulando sete vitórias e quatro empates. Para o técnico da equipe, Rafael Novaes, a sequência positiva é resultado da dedicação de cada integrante. “Essa conquista é fruto do esforço de toda a equipe. Enfrentamos adversários fortes e vencemos as dificuldades. O jogo foi muito equilibrado, com todas as emoções que uma grande final tem direito. Nosso grupo evoluiu e ganhou muita experiência”, comemorou. O título de campeão não foi a única conquista do time. O atacante Dorvilus Edmondo foi eleito o artilheiro, com oito gols, e o técnico Rafael Novaes ganhou como o melhor treinador da competição. Além disso, a defesa do time haitiano foi considerada a menos vazada da Copa Alterosa.

Vitor Madeira_Viva Rio (7)

O atacante Edmondo foi eleito o artilheiro da competição, com oito gols | Foto: Vitor Madeira

A Copa Alterosa, iniciada em julho, reuniu equipes de alto nível e possibilitou aos atletas haitianos a oportunidade de jogar contra os grandes times da região. A participação neste campeonato e o desempenho alcançado é uma boa oportunidade para ser visto pelos olheiros do futebol e ter a chance de jogar em um clube brasileiro.

No mês de agosto, o Viva Rio e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) assinaram um Termo de Compromisso que garante que atletas refugiados no Rio de Janeiro passam a ser considerados brasileiros. Antes, eles só poderiam se enquadrar nas cinco vagas destinadas a estrangeiros nos times nacionais. Isso aumentou as possibilidades de atuação desses atletas nos clubes cariocas, e a expectativa é que a iniciativa seja aplicada em todo o país.

(Texto: Vívian Guimarães | Fotos: Vitor Madeira)

 

Postado em Notícias na tag .