Concurso de fotos fecha ações sociais Omega/Viva Rio  

A entrega de prêmios aos três primeiros colocados do concurso fotográfico Jogos Olímpicos Cotidianos, o Esporte nas Favelas nesta quinta-feira (11.08), na Omega House, em Ipanema, na zona Sul do Rio, fechou com chave de ouro as 12 ações da contagem regressiva social realizada pela parceria Omega/Viva Rio.

abrfe

Os três vencedores do concurso de fotografias, entre Rubem César Fernandes e Rodrigo Ortiz|Foto: Lucas Almeida

“Pensamos as ações da concepção ao nascimento, até chegar à juventude. Foram 12 projetos realizados ao longo de um ano em lugares de risco, porém cheios de vida”, ressaltou o diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes, no palco montado na Omega House – onde funciona a Casa de Cultura Laura Alvim. “Esses três jovens vencedores do concurso não chegaram até aqui a toa e nós vamos convidá-los a participar do projeto inovador desenvolvido pelo Viva Rio no Cantagalo”, completou.

Rubem com marca

Rubem César destacou as ações sociais da contagem regressiva social| Foto Lucas Almeida

Entre os 18 participantes do concurso, todos moradores de comunidades cariocas, foram usados equipamentos próprios de fotografia, o que incluiu celular, tablet, câmeras caseiras ou profissionais. Os vencedores foram selecionados pelos profissionais de Comunicação da Omega e do Viva Rio, unânimes na escolha da jovem usando elementos da ginástica rítmica na quadra esportiva do Complexo do Alemão, voltada para a favela.

Com o segundo grau completo, filho de pai pedreiro e mãe doméstica, o vencedor, Hugo de Lima Oliveira, 22 anos, morador do Complexo do Alemão, passou a expor sua imagem na mostra fotográfica montada na Omega House, até 21 de agosto, ao lado dos segundo e terceiro colocados, Edwalbert Casas Novas, 26 anos, também do Alemão e Igor Alves de Albuquerque, 30 anos, do Vidigal. Hugo ganhou ainda um Kit Canon EOS Rebel T5, de grande auxílio a seu projeto futuro: “Pretendo buscar um emprego de carteira assinada, passar os fins de semana me dedicando à fotografia e fazer novos cursos, para continuar a me aprimorar”, planeja.

Hugo entre Rubem e Rodrigo

O vencedor, Hugo de Lima Oliveira, entre Rubem César e Rodrigo Ortiz| Foto: Lucas Almeida

Todos os três receberam certificados de participação no concurso. “É apenas o começo de um projeto que vai continuar impactando as comunidades envolvidas”, profetizou Rodrigo Ortiz, Brand Manager da Omega e mestre de cerimônias do evento, referindo-se às 12 ações sociais desenvolvidas pela Omega/Viva Rio, uma cronometragem inédita desenvolvida pela parceria.

Em sua fala, Rubem César destacou três destas ações. “Começamos no Chapadão, com um tiroteio. Não sabíamos se as mulheres grávidas chegariam à Clínica da Família Manoel Fernandes, beneficiada pela ação. Mas elas foram chegando, com seus panos coloridos para envolver os bebês, um início emocionante”, lembrou. O diretor do Viva Rio destacou ainda o trabalho feito com os jovens aprendizes, que contribuiu para a contratação de 60% deles, e o programa de formação atlética com os Pérolas Negras, jovem time de futebol haitiano.

A contagem regressiva social também seguiu forte no Facebook, Instagram e Twitter. Para participar dos projetos, basta compartilhar a imagem de um coração com a hashtag #omegavivario. Vale publicar fotos, desenhos, prints, colagens e imagens com amigos fazendo um coração com as mãos, por exemplo. O incentivo é soltar a imaginação. Para cada imagem compartilhada, a OMEGA vai doar US$ 0,16 às ações, que até o fim deste mês vão beneficiar milhares de famílias no Rio de Janeiro.

(Texto: Celina Côrtes|Fotos: Lucas Almeida)

 

 

Postado em Notícias na tag .