Caravanas de doação de sangue ajudam a salvar 213 vidas

Desde o Dia Internacional do Doador, 25 de novembro, até a última sexta-feira, 14 de dezembro, o Viva Rio realizou caravanas de doação de sangue. Há 8 anos a instituição realiza a campanha Salvando Vidas, Gota a Gota, organizada pela equipe do Voluntariado com o intuito de aumentar o estoque de sangue nos hemocentros do Rio de Janeiro. Para incentivar os funcionários, o Viva Rio promoveu um campeonato do bem: o setor e a Clínica da Família com mais doadores de sangue vão ganhar, além do reconhecimento e admiração, um troféu.

 

O Voluntariado do Viva Rio é responsável por mobilizar, informar e levar os doadores até os bancos. Como a demanda é permanente, a campanha acontece durante todo o ano, além do trabalho de conscientização tanto internamente, com seus funcionários, quanto com doadores externos. Nesse último mês a equipe conseguiu motivar 71 doadores. Cada bolsa de sangue pode salvar até 3 vidas, portanto, 213 vidas foram salvas com as doações.

 

Para Diego Silva, supervisor do Voluntariado do Viva Rio, servir como a conexão do doador com quem precisa é gratificante. “Regularmente o Voluntariado Viva Rio promove caravanas de doação de sangue. É a maneira que encontramos para sensibilizar e mobilizar a sociedade. Servimos como ponte de ligação entre o doador e quem mais precisa. E, considerando que uma bolsa de sangue salva até 3 vidas, conseguimos fazer a diferença na vida de dezenas de pessoas”.

Até agora a caravana passou por sete locais. Confira a lista dos doadores que fizeram a diferença neste final de ano:

Clínica da Família Adib Jatene –  17 doadores
Clínica da Família Wilma Costa – 14 doadores
Clínica da Família Kleber de Oliveira Rocha – 8 doadores
Clínica da Família Josuete Sant´Anna de Oliveira – 6 doadores

Clínica da Família Nilda Campos de Lima – 12 doadores

Empresa Eletrobras – 14 doadores

Postado em Notícias na tag .